Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

VIVER E NÃO SOBREVIVER

VIVER E NÃO SOBREVIVER

26
Mar23

Tudo a nascer...

EU SOU EU SOU

... enfim, estamos na primavera!

Dias de muito trabalho  por aqui!

Plantar, semear, podar, roçar  ervas... uma verdadeira  roda viva!

Mas a satisfação de ver as coisinhas a germinar... não tem preço!

20230326_094116.jpg

20230326_092921.jpg

20230326_102321.jpg

20230326_102316.jpg

20230326_123502.jpg

20230326_122555.jpg

17
Mar23

Uma atualização do bosque...

EU SOU EU SOU

Hoje venho mostrar como a primavera ajuda as minhas plantinhas. 

Parece que foi ontem que plantei Framboesas,  groselhas, mirtilo, aveleira... Quiz plantar alimentos. 

Tudo a rebentar e a florir...

Groselhas...

20230317_182206.jpg

20230317_182228.jpg

Framboesas...

20230317_182348.jpgMirtilo..

20230317_182303.jpg

Medronheiro...

20230317_182544.jpg

 

Para finalizar, por hoje apresento  a minha trepadeira...

20230317_181739.jpg

E uma árvore do jardim....

20230317_182822.jpg

A ideia é promover a biodiversidade...

Ainda falta plantar outras.... vai aos poucos!

16
Mar23

Compostagem de folhas

EU SOU EU SOU

Vivendo e aprendendo. 

Soube recentemente  que as folhas demoram mais tempo a compostar que os restos de frutas e legumes.  Cerca de um ano! Então decidi fazer uma composteira  só  para folhas.

Tinha visto uma semelhante.  Achei a ideia genial! Barata também!

Hoje foram 10 cextos cheios de folhas! Ficou quase  cheia! 

Tenho de fazer outra!

A rede comprei no Leroy Merlin por quase 19 eur -5 metros.  Dá  para fazer duas!

20230316_181837.jpg

20230316_184304.jpg

15
Mar23

Mirtilos -fase 2

EU SOU EU SOU

Na sequência  do artigo anterior onde expliquei como semear mirtilos, venho mostrar a fase 2: trabsplante para vaso maior.

Sugiro em cada vaso colocarem apenas dois rebentos. E por enquanto  coloco um saco a fazer de estufa. Os rebentos são  ainda frágeis...

20230314_200700.jpg

20230314_201031.jpg

13
Mar23

A tentar ampliar a horta

EU SOU EU SOU

No nosso terreno inclinado, caraterística boa em termos de permacultura, outros problemas e desafios se levantam...

Um deles tem a ver com o tipo de solo. O solo do espaço  ideal para a horta está  há  muitos anos coberto de capim. O chão  muito cheio de raízes... e pedra... Um chão  dificil de se trabalhar...

Mas é  o ideal por estar numa clareira, com exposição  solar e perto de casa. No desenho do terreno temos de colocar a horta perto da água  e da casa, por questões  logísticas.

Nas traseiras do anexo pensei fazer um canteiro de aromáticas. Plantei erva príncipe,  rosmaninho, alfazema, hortelã  laranja... e irei plantar mais...

Para lidar com o capim cobri o chão  com caruma de um pinheiro manso, o único  que aqui temos. Para minha surpresa, resultou!

Virei aqui mostrar, a seu tempo!

O problema  está  na frente do anexo... o terreno tem pedra dos restos da obra, e a terra que nunca foi trabalhada é  rija e cheia de raízes... Uiiiii!

Hoje o trabalho  foi colocar o plástico  preto... vamos ver se resulta Na exterminação de ervas... terei de esperar  no mínimo  um mês...

20230313_184536.jpg

20230313_185358.jpg

Depois Virei mostrar o resultado!

O melhor solo está  a meio do terreno, como aprendi com a permacultura... porém,  pobre de nós  decisores inconscientes durante anos. Colocamos perto desse local duas estruturas que tem de ser acessíveis: o armazém com o trator e a fossa... logo não  convém  colocar canteiros por ali... e está  longe da água... Essa terra tenho usado para vasos pois é  muito boa.

Optei por colocar ali perto também o pomar. Já  temos uma romanzeira, um medronheiro  e um diospiseiro. Falta a maceeira, a laranjeira, a tangerineira e a ameixoeira. Mas vai aos poucos. O limoeiro está  no local errado... ao fundo do terreno e longe da casa...

O desenho do espaço é  muito importante... onde colocar a compostagem,  a horta, as arvores de fruto, as árvores  de bosque, os arbustos  comestíveis, os depósitos  de água... E Tudo pensado em  função  Do sol, do vento, da localização  da casa...

 

 

 

06
Mar23

Recolha passiva de água

EU SOU EU SOU

É  bem debatida a questão da escassez de recursos de água no planeta. Na formação  que frequentei recentemente  em permacultura, o formador disse algo que me fez pensar: Não  há  mais falta de água  que no passado.  Há  é  fenómenos de muita precipitação  e temporadas prolongadas sem água.  Logo o problema  reside na nossa capacidade de reter água... que devia ser toda repensada.

Se pesquisarem sobre permacultura verão  que esta faz recurso a formas passivas de recolha de águas  das chuvas. Pesquisem swales. Pesquisem recolha de chuva passiva.

Os swales são  formas de recolha de água  em terrenos com inclinação  mínima de 5 %. Essa água  é  conduzida por valas a charcas... e não  só! E usadas para regar hortas e plantas. Nos bosques não  é  necessário  regar, sabiam? Apenas de inicio até  uma planta que plantamos pegar... porque se nascer por ela mesma  nem precisa que reguemos!

Os bosques são locais frescos e frondosos.

Mas qualquer pessoa pode realizar uma recolha passiva de água.! Mesmo a viver em apartamento!

Pode colocar baldes nas varandas ou nas biqueiras, por exemplo. 

 Pode colocar um depósito  ao pé  da banheira para recolher a água  fria que desperdiçamos  no duche, outro exemplo.

Pode usar a água  de lavagem de legumes para regar, outro exemplo. 

Antes de comprar recipientes para recolha de água  da chuva,  para a rega na horta e jardim, avalie os que tem em casa. Foi o que fiz este fim de semana com o regresso  da chuva...

Um balde antigo de detergente  pode ser usado para recolha de água das biqueiras. E até  tem tampa!

20230306_181254.jpg

Dois contentores de lixo que não  utilizamos mais podem ser usados ma recolha, também...

20230306_181212.jpg

E até  alguidares podem ser utilizados nessa recolha!

20230306_181237.jpg

Sim, eu sei que o jardim não  está  belo... mas o tempo é  curto e o inverno  impacta imenso o mundo natural... e não  só!

Este ano tem sido forte em frio e chuva... esperemos  que Março  nos traga tempo melhor e com ele mais atividades ao ar livre.

 

 

 

04
Mar23

Preservação de alimentos - Desidratação

EU SOU EU SOU

Quando temos sobreprodução de alimentos,  temos sempre a opção  de oferecer a amigos, vizinhos e familiares.  O que já faço mas... há  sempre algum desperdício alimentar...

Já  para não  falar que tem outras alturas do ano em que não  há  certos alimentos,  a menos que venham de outros cantos  do mundo  e a preços mais elevados...

Assim, a desidratação  de frutas, legumes, ervas aromáticas,  carnes e peixe podem ser uma alternativa  na preservação  de alimentos  e na luta contra o desperdício alimentar. 

Existem formas de desidratação  alimentar  sem uso de electricidade.  Porém,  é  um processo  mais lento. 

Se procurar na internet:forno solar, encontrará  inúmeras opções! De fornos de madeira, porventura mais duradouros,  a fornos com materiais baratos e fáceis  de executar como uma caixa de papelão, papel de alumínio  e um vidro...

No meu caso, optei para já  pela opção  elétrica  por  me parecer mais rápida e higiénica. E porque vivo em zona com húmidade e com nevoeiros...Mas não  excluo fazer um forno solar!

Ora aqui o temos a funcionar!

20230303_204912.jpg

Aqui é  como ficou após  3 h:

20230304_001219.jpg

Mas o processo é  de mais tempo... mínimo  8h ....

8h passadas e a fruta visivelmente  mirra e cabe agora em dois tabuleiros!

Carreguei o de cima com outras frutas a fim de experimentar como ficariam de sabor...

20230304_160500.jpg

E por fim... é  só  guardar em frasco hermético, num local seco e escuro. Pode durar um ano! Em vácuo  mais!

20230304_195800.jpg

Balanço: positivo!

O sabor fica intensificado em qualquer fruta. Curiosamente....

Com chocolate  fica delicioso!

Vale apena! 

03
Mar23

Plantas indesejadas e desconhecidas

EU SOU EU SOU

20230226_184532.jpg

Há  uns anos nasceu esta planta no jardim que tem a particulariedade de florir no final do inverno. 

Não  é  feia mas nasceu num local indesejado. E ficou enorme.

Vamos ter de a cortar. 

As boas notícias  é  que há  outra noutro local. E essa pode ficar.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub