Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

VIVER E NÃO SOBREVIVER

VIVER E NÃO SOBREVIVER

30
Dez22

Fertilizantes naturais - café

EU SOU EU SOU

Um dos melhores fertilizantes naturais é... o café!

Aprendi que se guardarmos as cápsulas  do café  ou guardamos o café moído  da máquina numa garrafa de pet, num local escuro e fresco (uma garagem ou dispensa) ele embolorece. Esse café  com bolor é  excelente  fertilizante das nossas plantinhas!

Basta abrir as cápsulas, retirar o café  e misturá-lo com terra. Os esporos dos fungos vão  manter as nossas plantinhas vicosas e sem pragas.

 

20221230_170201.jpg

30
Dez22

Reutilizar... e poupar!

EU SOU EU SOU

20221112_173403.jpg

Os garrafões pet da nossa água mineral, água destilada, azeite, óleo e mais, podem ter uma segunda vida se os utilizarmos como vasos e floreiras. O mesmo se aplica com garrafas de água ou de outras bebidas. É uma forma útil e prática de poupar uns euros e o ambiente agradece!

Há porém uma recomendação que quero fazer: quando usado como floreira a profundidade é menor, logo certos vegetais não se adaptam tão bem... Refiro-me a alface, couve, brócolos, cebola, alho, tomate... que requerem sempre alguma profundidade de terra! Se for plantar este tipo de vegetal e de legume, recomendo que use o garrafão de pé, como mostrado aqui nesta foto!

20221203_113502.jpg

Já os morangueiros e as ervas aromáticas dão-se muito bem!

Não se esqueça  de fazer furos no fundo para drenagem da água de rega. Pode fazê-lo de diversas formas como tesoura ou xi-acto mas a mais prática  é  com o ferro de soldar. Comprei o meu na Maxmat por cerca de 7 euros. Boa compra!

Os garrafões e garrafas pet podem ser igualmente utilizados na armazenagem de alimentos, por muitos e bons anos! Mais anos até que os indicados nas respetivas embalagens originais desses alimentos! E porquê armazenar alimentos desta forma? Nunca se sabe se uma crise ou emergência social implicará num corte ou racionamento no abastecimento de bens essenciais. Com o covid vimos como de repende isso se pode tornar realidade! Não é algo de tão absurdo assim!

O sal e o açucar duram muito tempo! Falo de muitos anos mesmo, pois o que determina a sua validade ou não é somente o seu acondicionamento sem humidade. Os garrafões pet podem ser excelentes para guardar e preservar a sua qualidade! Permitem gerir o espaço da dispensa de forma mais organizada e eficiente também.

Recomenda-se que em cada garrafa ou garrafão escrevam o nome do alimento guardado e a data de embalamento. No final apertar bem a rolha e lacrar com fita adesiva.

Já a farinha, o arroz e o açucar requerem um preparo. A cada meio kilo colocar uma folha de louro e um dente de alho ou a cada 6/7 cm de açucar um dente de cravinho e uma ameixa seca. Numa garrafa pet de coca cola de 2 litros cabem uns 2.5 k de farinha, por exemplo! Podem também ser armazenados grãos: feijão seco, lentilhas, grão - alimentos muito ricos em proteína e energia.

A massa também pode ser guardada desta forma exepto a massa esparguete que deve ser guardada em frasco plástico de boca larga e tampa por uma questão de acessibilidade ao produto. Nas lojas do chinês vendem desses frascos.

Estas técnicas de armazenamento de alimentos integram-se numa corrente que se designa de sobrevivencialismo ou em inglês survivalism. As pessoas que se interessam por este tema tentam estar preparadas para qualquer emergência, mesmo uma situação pessoal de dificuldades financeiras e desemprego. Leiam os comentários e verão com essas técnicas permitem a algumas pessoas fazer face a momentos difíceis! Permite poupar recursos e dinheiro!

Não imaginam a quantidade de vídeos e de explicações que existem em torno deste tema! Aqui na europa ocidental só agora se fala mais um pouco acerca disto, mas no continente americano e países de leste - é um mundo!

Encontrei este site do Batata no Youtube intitulado - Guia do Sobrevivente, onde há mais de 10 anos este compartilha conhecimentos muito interessantes na preservação de alimentos - armazenamento, conservas, fazer o seu proprio fermento e pão, ervas medicinais e muito mais, e é incrível o conhecimento que este compartilha!

Para sobreviver no mundo atual, há que saber viver! Não  custa nada aprender acerca da preservação  de alimentos. 

 

 

 

27
Dez22

Fazer o próprio chá

EU SOU EU SOU

As plantas aromáticas, chás  e plantas medicinais adaptam-se muito bem em vaso e não  requerem especiais cuidados além  de sol e de água.

Pode usar de 15 em 15 dias fertilizante natural - eu costumo colocar a casca de duas ou três 🍌  numa garrafa de dois litros de agua e aguardo uns 8 dias. Depois rego de 15 em dias ou mais as plantinhas junto a raiz.  Nessa ocasião  de aplicação  do fertilizante não  coloco água 💧 a seguir. 

Colhemos erva príncipe , cidreira, hortelã  e hortelã laranja e ainda lúcia-lima, deixamos secar em tabuleiros reciclados de isopor ou plásticos  (que vinham de alimentos comprados embalados) e colocamos as ervinhas secar na nossa garagem  à  sombra. Mas com luz natural, só  que não é  luz direta. O tempo de secagem varia de vários  factores como a espessura das plantas , a temperatura, humidade. Mas você  saberá  quando foi atingida a secagem!

O passo seguinte consiste em picar as ervinhas na picadora ou manualmente com tesoura- como é  o caso da erva príncipe. 

As ervinhas são  guardadas em frascos, neste caso reciclados de café  e guardados em local seco e sem luz.

20221227_111301.jpg

Dura bem um ano... ou até  mais! Podem também constituir uma oferta de natal ou de outra ocasião especial, podendo os próprios frascos serem decorados.

Chá  sem químicos  ou açúcares  adicionados e vindo da sua própria  produção.  Saberá  ainda melhor!

20221227_115121.jpg

 

25
Dez22

O inverno e as plantinhas

EU SOU EU SOU

Vivo na zona oeste de Portugal , muito perto do mar. O clima de inverno caracteriza- se por algum frio. Dias nublados. Chuva. Humidade elevada.

As minhas plantinhas de horta ressentem-se. Por isso fiz uma estufa portátil. E experimentei  colocar folhas secas por cima da terra dos vasinhos para aquecer a planta. Não  tenho palha por isso improvisei com folhinhas...

 

20221201_104225.jpg

20221201_110548.jpg

20221201_112639.jpg

 

25
Dez22

Novo projeto

EU SOU EU SOU

Este ano de 2022 tem sido um excelente ano para mim em termos de crescimento pessoal. Crescemos sempre mais em anos de desafios.

Além de ter reorganizado armários e gavetas aqui por casa, também o fiz dentro de mim!

Tudo começou com um súbito interesse em jardinagem... uma coleção de suculentas, e posteriormente, uma varanda como extensão da casa para o jardim (e vivo aqui neste mesmo local há 21 anos!). Senti a necessidade de um espaço para mim, um espaço de contemplação do jardim, sol, pássaros... Um local zen! Para sentar e apenas relaxar... ou para ler um bom livro!

Pessoas como eu tem de aprender a parar e não fazer nada! Não fazer nada faz bem pois cria espaço na vida para reflectir, algo que na sociedade atual se faz pouco. Anda toda a gente a correr! Eu pelo menos ando!

Estas paragens no cantinho zen trouxeram o interesse em jardinagem. 

Seguiu-se  o interesse em fazer uma horta biológica com muito pouco investimento... pois andava a ler umas coisas acerca de liberdade financeira, reduzir custos, gerar poupanças, alimentação saudável, redução do consumo, reciclagem... E de uma maneira curiosa tudo isto está inter-relacionado! Terão a possibilidade de ver isso aqui neste cantinho e nas partilhas que farei daqui para frente!

Além disso, a verdade seja dita: está tudo cada vez mais caro! Por isso, plantar umas alfaces, brócolos, morangueiros, salsa, coentros e hortelã... pareceu-me ainda mais pertinente!😘

Mas neste novo cantinho procurarei ir um pouco mais longe que as partilhas das minhas experiências de jardinagem, horta biológica,  reciclagem, espaços zen, suculentas... vamos falar de gestão financeira em termos de poupanças e de independência financeira!🤑

Eu acho que este tema tem "pano para mangas"!😆

Neste novo blogue que criei procuro criar um espaço de partilha nas minhas aventuras e desventuras na produção de alimentos e de algumas flores em vasos e canteiros. Partilho técnicas e conhecimentos de: plantio, irrigação, fertilização natural, reciclagem e compostagem, podas, mudas... e irei mais longe! Falarei de off grid, auto-sustentabilidade, gestão financeira... e muito mais! Terão a possibilidade de me acompanhar nesta nova aventura que agora comecei e espero contar com o vosso interesse e partilha de conhecimentos. Estou também a aprender!

Qualquer pessoa, mesmo sem conhecimentos, encontrará no Viver e Não Sobreviver, conselhos práticos para produzir os próprios alimentos.

São pois bem-vindos ao meu novo cantinho.

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub